Ainda há espaço para o “SILÊNCIO” na Santa Missa?

Ainda há espaço para o “SILÊNCIO” na Santa Missa?

Ainda há espaço para o “SILÊNCIO” na Santa Missa?

“Atualmente também deveria ser redescoberta e valorizada a obediência às normas litúrgicas como reflexo e testemunho da igreja, una e universal, que se torna presente em cada celebração da eucaristia. O sacerdote, que celebra fielmente a missa segundo as normas litúrgicas, e a comunidade, que às mesmas adere, demonstram de modo silencioso, mas expressivo o seu amor à igreja. (…) a ninguém é permitido aviltar este mistério que está confiado às nossas mãos: é demasiado grande para que alguém possa permitir-se de tratá-lo a seu livre arbítrio, não respeitando o seu caráter sagrado nem a sua dimensão universal. Ir à missa , quer dizer ir ao calvário , para encontrar-nos com cristo , o nosso redentor . Um encontro de amor e de dor com Jesus crucificado: isto é que é participar da santa missa” – (Papa João Paulo II, Ecclesia de Eucharistia, n. 52 – destaque)

De acordo com o atual prefeito da Congregação para o Culto Divino, Cardeal Robert Sarah, o silêncio é uma condição necessária para o aprofundamento da fé, para uma oração contemplativa e se trata de um componente importantíssimo da Liturgia, comenta em uma coluna para o L’Osservatore Romano. Ainda mais, o Cardeal Sarah exortou os fiéis católicos a buscarem o recolhimento interior durante a Celebração Eucarística, como condição para que Deus manifeste “sua presença em nossas almas, irrigando-as com seu amor trinitário”.

Neste sentido, para melhor compreender o problema abordado, é preciso retroceder alguns anos no tempo. No período anterior à reforma litúrgica do Beato Paulo VI, quando ainda se celebrava a Missa de São Pio V, iniciou-se um intenso movimento de renovação para que, os fiéis leigos participassem do “santo sacrifício eucarístico, não com assistência passiva, negligente e distraída, mas com tal empenho e fervor” que os colocassem em contato íntimo com o sumo sacerdote, o Nosso Senhor Jesus Cristo. Então, de Pio XII veio o impulso oficial para tal renovação por meio da encíclica Mediator Dei, o Santo Padre esclareceu o modo pelo qual os fiéis também oferecem o sacrifício eucarístico, embora seja de maneira inferior à do sacerdote.

Nas pegadas de Pio XII, o Concílio Vaticano II introduziu o conceito de “participação ativa” na celebração dos mistérios sagrados, determinando, por meio da Constituição Conciliar Sacrosanctum Concilium que, na ação litúrgica, os “pastores de almas” não só zelassem pela observância das “leis que regulam a celebração válida e lícita”, mas também para que os fiéis participassem nela “consciente, ativa e frutuosamente” (n. 11).

Com efeito, “faz-nos bem a todos conservar as riquezas que foram crescendo na fé e na oração da Igreja, dando-lhes o justo lugar’’ e “aquilo que para as gerações anteriores era sagrado, permanece sagrado e grande também para nós”. Nessa perspectiva, se insere o artigo do Cardeal Robert Sarah e toda sua defesa do que ele chama de “silêncio místico”. Esse silêncio faz parte do grande patrimônio da espiritualidade cristã que deve ser conservado como elemento imprescindível à comunhão com Deus.

 

Equipe Padre Rodrigo Maria

Deslize para ver mais...

Veja Também:

SIM AO PENTECOSTES E NÃO AO PENTECOSTALISMO HERÉTICO!
SIM AO PENTECOSTES E NÃO AO PENTECOSTALISMO HERÉTICO!

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); EXAMINE TUDO E RETENHA O QUE É BOM! Às vezes, assalta-nos um mal-estar espiritual de acharmos que a nossa Igreja se enfraqueceu e que o fervor espiritual se entorpeceu; nesses momentos de dispersão e confusão, o perigo nos ronda e pode nos conduzir às tentações de abandonar a nossa fé para seguir um suposto caminho de revigoramento. No entanto, esse abandonar da fé genuína pode se dar com alguém que permanece dentro das estruturas visíveis da Igreja de Cristo; ou seja, como insinuava São João XXIII que a “fumaça do Inimigo havia adentrado à Igreja” e, provavelmente, aproveitando-se da sonolência de muitos se infiltrara trazendo a experiência falsa das coisas de Deus.

O verdadeiro ecumenismo se faz pela Total Consagração à Virgem Maria.
O verdadeiro ecumenismo se faz pela Total Consagração à Virgem Maria.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); Ecumênico é tradicionalmente sinônimo de universal. Daí, por exemplo, denominar-se Concílios Ecumênicos os concílios que, presididos pelo Papa, se fazem com todos os bispos católicos do mundo. Distinguem-se dos concílios diocesanos ou regionais. Nesse sentido, está na missão da Igreja Católica trabalhar ardentemente por um são ecumenismo, e os católicos devem desejar de todo coração a conversão do maior número de almas, de maneira que haja “um só rebanho e um só Pastor”. Porém, o termo “ecumenismo” passou por transformações, e não raro, hoje em dia, acabou designando uma espécie de compromisso entre a verdade e o erro, inaceitável para um católico. Os adeptos desse novo “ecumenismo” colocam todo seu empenho em reduzir à mínima expressão as verdades católicas.

O Sacramento da Comunhão para quem vive a segunda união.
O Sacramento da Comunhão para quem vive a segunda união.

Desta vez atenho-me em compartilhar esse brilhante testemunho que evidencia os frutos da obediência que colhem aqueles que seguem a risca os ensinamentos de Jesus Cristo conservados pela Igreja desde sempre e para sempre. Como disse o Papa Pio XII: “O matrimônio entre batizados validamente contraído e consumado não pode ser dissolvido por nenhum poder

Após conceber Jesus, Maria continuou Virgem?
Após conceber Jesus, Maria continuou Virgem?

Pe. Vicente, SVD Extraído do livro Respostas da Bíblia OBJEÇÃO: Os católicos ensinam que Maria ficou sempre virgem. Porém, em vários lugares da Bíblia (por ex. Mc 3,31-32) lemos de irmãos de Jesus. Portanto Maria devia ter outros filhos, além de Jesus! a) Na linguagem bíblica, “irmão” e freqüentemente usado em lugar de primo, sobrinho,

A VISÃO DO INFERNO, MOSTRADA AOS PASTORINHOS
A VISÃO DO INFERNO, MOSTRADA AOS PASTORINHOS

A VISÃO DO INFERNO, MOSTRADA AOS PASTORINHOS Das memórias da irmã Lúcia: “Momentos depois de termos chegado à Cova de Iria, junto da carrasqueira, entre numerosa multidão de povo, estando a rezar o terço, vimos o reflexo da costumada luz e, em seguida, Nossa Senhora sobre a carrasqueira. – Vossemecê que me quer? – perguntei.

DO APEGO DESORDENADO AOS PARENTES. (Sto Afonso Maria de Ligório)
DO APEGO DESORDENADO AOS PARENTES. (Sto Afonso Maria de Ligório)

Aquele que se entrega a Deus já não se pertence. Deixa de existir aos seus próprios olhos, não vive em si mesmo, mas nAquele a quem se entregou, e não tem outros interesses a não ser os do Mestre. Esquecer-se de si próprio, por amor, eis a grande lei de toda a vida espiritual. Esquecer-se

PODE UMA PESSOA COM TENDÊNCIAS HOMOSSEXUAIS SER UM BOM CATÓLICO?
PODE UMA PESSOA COM TENDÊNCIAS HOMOSSEXUAIS SER UM BOM CATÓLICO?

PODE UMA PESSOA COM TENDÊNCIAS HOMOSSEXUAIS SER UM BOM CATÓLICO? Cada vez mais, em nossa sociedade, tornam-se maior e mais comum o número de pessoas que se declaram sua homossexualidade publicamente. Haveria na Igreja Católica espaço para estas pessoas, uma vez que a igreja já se posicionou oficialmente contra a prática homossexual? A resposta para

DIANTE DE UM MUNDO CADA VEZ MAIS ANTICRISTÃO.
DIANTE DE UM MUNDO CADA VEZ MAIS ANTICRISTÃO.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); “Pois não é contra homens de carne e sangue que temos de lutar…..”(ef6,12) Nos diz o venerável Cardeal Fulton Sheen: “Nós estamos vivendo nos dias do Apocalipse – os últimos dias da nossa era… as duas grandes forças do Corpo Místico de Cristo e do Corpo Místico do Anticristo estão começando a desenhar as linhas de batalha para o embate final. O Falso Profeta terá uma religião sem a cruz. Uma religião sem um mundo vindouro. Uma religião para destruir as religiões. E o falso profeta vai criar uma outra. A falsa igreja é mundana, ecumênica e global. Vai ser uma federação de igrejas.

O ABORTO É MOTIVO DE EXCOMUNHÃO?
O ABORTO É MOTIVO DE EXCOMUNHÃO?

O ABORTO É MOTIVO DE EXCOMUNHÃO? O aborto é uma chaga que se alastra por quase todos os países. Atualmente, ele passou a ser considerado um ”direito”da mulher. Faz parte da chamada ”cultura da morte” que, aos poucos está sendo implantada no mundo. Contudo, mesmo passando de algo, ”mal visto” para algo aceito não se

TORNEI-ME, ACASO, VOSSO INIMIGO, PORQUE VOS DISSE A VERDADE?
TORNEI-ME, ACASO, VOSSO INIMIGO, PORQUE VOS DISSE A VERDADE?

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); Disse certa vez, um dos maiores Santos e Doutores da Igreja, o Grande Santo Atanásio: “Se o mundo for contra a Verdade, então Atanásio será contra o mundo”. Ora, o que é a Verdade? Nosso Senhor Jesus Cristo!! pois Ele mesmo disse: “Eu sou o caminho, a Verdade e a Vida…”. Santo Ângelo, um dos mais importantes santos na Ordem do Carmo, enquanto estava no deserto, por um período de cinco anos, em que viveu totalmente solitário, recebeu a seguinte revelação de Nosso Senhor: