DOUTRINA CATÓLICA X DOUTRINA DA CNBB – CAPITALISMO, PROPRIEDADE PRIVADA E “JUSTIÇA SOCIAL”

DOUTRINA CATÓLICA X DOUTRINA DA CNBB – CAPITALISMO, PROPRIEDADE PRIVADA E “JUSTIÇA SOCIAL”

Compartilhe com seus amigos!

DOUTRINA CATÓLICA X DOUTRINA DA CNBB – CAPITALISMO, PROPRIEDADE PRIVADA E “JUSTIÇA SOCIAL”

A CNBB (e os partidos de esquerda) ensina que: O capitalismo é mal pois gera “injustiça social”, exclusão, e faz acumular as riquezas nas mãos de poucos em detrimento de uma maioria explorada; que a propriedade privada é um obstáculo à “justiça social”, a qual basicamente consistiria em tirar de quem tem mais para dar a quem tem menos… Por isso são contra a Economia de Livre Mercado e o Agro Negócio, olhando os empresários com desconfiança, em geral, como pessoas injustas, pois se prosperaram foi às custas da exploração do trabalhador, etc, etc, etc…

A DOUTRINA CATÓLICA ensina que:
– A propriedade privada é sagrada e decorrente do direito natural (Papas Leão XIII, Pio XI, Pio XII, João XXIII e outros);
– O Capitalismo, enquanto economia de mercado não é algo mal, mas pode proporcionar a sadia geração de riquezas que a todos beneficia.
-Que, o que é condenável, caso venha a existir, é a exploração injusta ou a instrumentalização do ser humano, o consumismo e o amor desordenado ao dinheiro;
– Que o empreendimento e o enriquecimento são coisas boas, desde de que de modo lícito.

Jesus era pobre e sempre viveu de maneira pobre, por própria opção, mas jamais condenou alguém por ser rico ou possuir bens materiais. Ele condenou o apego que leva a avareza e
o egoísmo.

A Igreja NUNCA pregou o “igualitarismo”, pois sabe que a desigualdade (referente a bens materiais e acidentais) é algo natural, porém condena a injustiça, a ganância e a exploração e fomenta a caridade e a solidariedade, especialmente para com os mais necessitados.

A Igreja sabe que o empreendimento leva a geração de empregos e torna mais acessível os alimentos, bens de consumo e os serviços necessários para uma vida digna.

A maior “exclusão social” é o desemprego, pois priva os indivíduos e famílias do acesso aos bens necessários para uma vida digna.
São os empresários que geram empregos, de modo que quanto mais se facilitar o empreendimento, mais empregos serão criados, gerando bens que a todos poderão beneficiar.

Os católicos irão seguir a doutrina da Igreja ou o socialismo da CNBB?

Equipe Templário de Maria

Deslize para ver mais...

Veja Também:

AS OBRIGAÇÕES E DIREITOS DOS LEIGOS
AS OBRIGAÇÕES E DIREITOS DOS LEIGOS

No Título II o CIC dispõe sobre as obrigações e direitos de todos os fiéis leigos. Seguem alguns dos deveres e direitos de todos os fiéis, extraídos do Caderno de Direito Canônico, escrito por D. Lelis Lara, C.SsR: – O dever de guardar a comunhão eclesial (cân. 209, §1); – O dever de cumprir os

Se os casais católicos não podem evitar filhos, para que serve o Método Billings?
Se os casais católicos não podem evitar filhos, para que serve o Método Billings?

Pode parecer contraditório, mas muitos jovens católicos que optam pela vocação do matrimônio desconhecem sua verdadeira missão! A maioria ignora solenemente as promessas que são feitas no altar, e pensam que a vida de casados consiste em viver a felicidade a dois… mas estão tremendamente equivocados. Leia este artigo onde será possível relembrar a importância de guardar as promessas matrimoniais e as graves consequências de fazer uso incorreto da sexualidade, mesmo após o casamento.

BENTO XVI: “FRENTE AO RELATIVISMO E A MEDIOCRIDADE, SURGE A NECESSIDADE DA RADICALIDADE”.
BENTO XVI: “FRENTE AO RELATIVISMO E A MEDIOCRIDADE, SURGE A NECESSIDADE DA RADICALIDADE”.

Nos ensinou o Papa emérito, Bento XVI: “Frente ao relativismo e a mediocridade, surge a necessidade da radicalidade. A radicalidade evangélica é estar em Cristo, firmes na fé. No momento atual se vive um eclipse de Deus, uma certa amnésia e uma verdadeira rejeição do cristianismo , uma negação do tesouro da fé recebida, com o risco de se perder o que mais profundamente caracteriza os católicos” – (Fonte: Papa Bento XVI , na jornada mundial da juventude em Madri).

[Sábado Santo] Que está acontecendo hoje? – A descida do Senhor à mansão dos mortos
[Sábado Santo] Que está acontecendo hoje? – A descida do Senhor à mansão dos mortos

De uma antiga Homilia no grande Sábado Santo (Séc. IV) A descida do Senhor à mansão dos mortos   Que está acontecendo hoje? Um grande silêncio reina sobre a terra. Um grande silêncio e uma grande solidão. Um grande silêncio, porque o Rei está dormindo; a terra estremeceu e ficou silenciosa, porque o Deus feito

Ateísmo e suas causas – por Antonio Royo Marín, O.P.
Ateísmo e suas causas – por Antonio Royo Marín, O.P.

1. Noção e divisão O ateísmo consiste na negação radical da existência de Deus. Ateu (do grego ἄθεος = sem Deus) é o sujeito que ignora ou se nega a aceitar a existência do Ser Supremo e que, por isso, não pratica religião alguma. Existem duas classes de ateus: teóricos e práticos. a) TEÓRICOS são

“Rosário das Crianças” em todo o mundo
“Rosário das Crianças” em todo o mundo

DETROIT (ChurchMilitant.com) – Um grupo de oração internacional está em alta, e seus membros são apenas crianças. Chamado simplesmente de “Rosário das Crianças“, o movimento tem cerca de 6 anos e é um grupo que se encontra para rezar o Rosário mensalmente, semanalmente ou até mesmo diariamente. Uma das organizadoras do Rosário das Crianças, Blythe Kaufman,

PODE UMA PESSOA COM TENDÊNCIAS HOMOSSEXUAIS SER UM BOM CATÓLICO?
PODE UMA PESSOA COM TENDÊNCIAS HOMOSSEXUAIS SER UM BOM CATÓLICO?

PODE UMA PESSOA COM TENDÊNCIAS HOMOSSEXUAIS SER UM BOM CATÓLICO? Cada vez mais, em nossa sociedade, tornam-se maior e mais comum o número de pessoas que se declaram sua homossexualidade publicamente. Haveria na Igreja Católica espaço para estas pessoas, uma vez que a igreja já se posicionou oficialmente contra a prática homossexual? A resposta para

DOMINGO,DIA DO SENHOR
DOMINGO,DIA DO SENHOR

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); Domingo é o Dia do Senhor! São João Maria Vianey dizia: “Um domingo sem Missa é uma semana sem Deus“. A nossa fé nos agrega numa grande família, que é a Igreja, onde colocamos em prática nossa fé. Na igreja recebemos o suporte necessário para crescer na formação humana, na espiritualidade e em todos os tesouros sacramentais para nossa salvação.

A IMPORTÂNCIA DO SACRAMENTO DA CONFISSÃO
A IMPORTÂNCIA DO SACRAMENTO DA CONFISSÃO

O IMPORTANTE SACRAMENTO DA CONFISSÃO A Santa Igreja nos orienta a confessar com frequência, e isso significa aproximadamente 1 vez por mês, sendo que existe um mandamento da Igreja que nos obriga a confessar no mínimo 1 vez por ano, para pessoas que têm mais dificuldade para encontrar sacerdotes disponíveis. Assista ao vídeo do Padre

A TRANQUILIDADE DOS PECADORES DENTRO DE NOSSAS IGREJAS
A TRANQUILIDADE DOS PECADORES DENTRO DE NOSSAS IGREJAS

A TRANQUILIDADE DOS PECADORES DENTRO DE NOSSAS IGREJAS São Paulo diz que a fé entra pelos ouvidos. E a conversão se dá com o acolhimento e adesão à Palavra de Deus. Só existe conversão sincera e verdadeira quando deixamos o pecado que nos separa de Deus e nos dispomos a obedecer os mandamentos seguindo o

Compartilhe com seus amigos!