A necessidade e a urgência da propagação da Total Consagração a Santíssima Virgem

A necessidade e a urgência da propagação da Total Consagração a Santíssima Virgem

 

A NECESSIDADE E URGÊNCIA DA PROPAGAÇÃO DA TOTAL CONSAGRAÇÃO À SANTÍSSIMA VIRGEM

Amados irmãos e irmãs, todos estamos unidos no amor de Cristo e queremos que Deus seja glorificado e que todos os seus filhos se salvem.

Cada qual, de acordo com as suas forças e no estado de vida inspirado por Deus, deve contribuir para a realização desses desígnios celestes.

Nós desejamos e trabalhamos para que Jesus reine no mundo e para que todos se salvem.

É preciso, porém, estarmos atentos à vontade de Deus e a sua pedagogia…

Diz São Luís Grignion de Montfort na introdução do Tratado da Verdadeira Devoção: “Foi por meio da Santíssima Virgem que Jesus Cristo veio ao mundo e por meio dela que Ele deve reinar no mundo (T.V.D. 1)”.

É, portanto, sabido por todos, que Jesus Cristo vai reinar no mundo e que o “Reinado de Maria” vai ser o meio pelo qual se dará o “Reinado de Jesus”.

Em Fátima (1917), a Santíssima Virgem confirma a profecia de São Luís quando diz “Por fim meu Imaculado Coração triunfará”, e nos indica o meio que a Providência Divina estabeleceu para que aconteça este Triunfo: “Meu filho quer estabelecer no mundo a devoção ao meu Imaculado Coração”.

É justamente aqui onde devemos estar atentos, pois a devoção que Jesus quer que se estabeleça ao Imaculado Coração de sua Mãe Santíssima não é qualquer devoção, mas a perfeita devoção como a Total Consagração ou Santa Escravidão de Amor, ensinada por São Luís Grignion de Montfort; que elucidando a profecia de Fátima diz: “Esse tempo (do Triunfo-Reinado de Maria) chegará quando se conhecer e praticar a devoção que eu ensino (T.V.D.217).

Os desígnios de Deus são claros e simples: O Reino de Cristo se estabelecerá pelo Reino de Maria e o Reino de Maria, pela propagação da Total Consagração a Santíssima Virgem ou Escravidão de Amor ensinada por São Luís de Montfort no Tratado da Verdadeira Devoção.

Daí se compreende a razão que levou o demônio a ter tanto ódio deste pequeno livro (o Tratado da Verdadeira Devoção) e a escondê-lo durante 130 anos (1712-1842). O inimigo infernal queria (e quer) estabelecer o seu reino diabólico e impedir o Triunfo-Reinado da Santíssima Virgem e, assim, o Reinado de Jesus.

Sendo assim, é urgente e necessário que todos (independentemente de grupos, movimentos e comunidades que participem) conheçam, façam, vivam e propaguem a Total Consagração a Nossa Senhora.

Esta Total Consagração é patrimônio da Igreja Católica, não atrapalhando a vivência de nenhum carisma particular, ao contrário, quando alguém se consagra totalmente a Nossa Senhora, Ela mesma leva a pessoa a viver com mais intensidade e fidelidade o seu próprio carisma.

A Total Consagração consiste numa total entrega de si mesmo a Nossa Senhora com tudo que se tem, possui ou se possa possuir, na ordem da natureza, da graça e depois da glória.

A missão que Jesus deu a Nossa Senhora foi a de formar verdadeiros adoradores de Deus. Pela Total Consagração, nós acolhemos Maria em nossa casa e ela nos acolhe na Escola do seu Imaculado Coração, onde aprendemos o verdadeiro amor a Deus e ao próximo, bem como as demais virtudes que farão de nós verdadeiros cristãos.

Fazer a Total Consagração é dar o nosso sim a Jesus que nos deu Maria por Mãe, Mestra e Formadora.

Irmãos, não sejamos indiferentes à vontade de Deus. Façamos tudo o que estiver ao nosso alcance para propagarmos a Santa Escravidão de Amor ensinada por São Luís.

Não deixemos que o demônio continue a esconder de nós e dos outros esta doutrina celeste.

Nestes últimos tempos em que se intensifica a batalha espiritual entre a Santíssima Virgem e o inimigo, sejamos apóstolos da Total Consagração para que venha logo o Triunfo de Maria e o Reinado de Jesus.

“Quando virá esse tempo feliz em que Maria será estabelecida Senhora e Soberana dos corações, para submetê-los plenamente ao império de seu grande e único Jesus? Quando chegará o dia em que as almas respirarão Maria, como o corpo respira o ar? Então, coisas maravilhosas acontecerão neste nosso mundo, onde o Espírito Santo, encontrando sua querida Esposa como que reproduzida nas almas, a elas descerá abundantemente, enchendo-as de seus dons, particularmente do dom da sabedoria, a fim de operar maravilhas de graça. Meu caro irmão, quando chegará esse tempo feliz, esse século de Maria, em que inúmeras almas escolhidas, perdendo-se no abismo de seu interior, se tornarão cópias vivas de Maria, para amar e glorificar a Cristo? Esse tempo só chegará quando se conhecer e praticar a devoção que ensino:“Ut adveniat regnum tuum, adveniat regnum Mariae”. (T.V.D.n.217).

Padre Rodrigo Maria
escravo inútil da Santíssima

Deslize para ver mais...

Veja Também:

Exame de Consciência para uma boa Confissão
Exame de Consciência para uma boa Confissão

Clique Aqui para baixar o exame de consciência em PDF para celular. (segure o link apertado ou clique com o botão direito e escolha a opção “salvar link como…” Existem 5 passos para uma boa confissão, são eles:   a) Exame de Consciência bem feito (Isto é, rezar e pensar nos pecados cometidos por pensamentos, palavras,

A ILUSÃO DE NÃO MATAR E ROUBAR
A ILUSÃO DE NÃO MATAR E ROUBAR

Quantos de nós ao tocar em assuntos da sagrada religião com alguns de nossos amigos católicos não fomos alvejados por uma emaranhado de frases relativistas que, de certa forma, até nos ofendem… Mas por que, afinal de contas, é tão ofensivo ser católico de verdade, querer viver na graça de Deus e fazer um mínimo

FALSAS DOUTRINAS
FALSAS DOUTRINAS

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); Guardai-vos dos falsos profetas Desde que o trigo do evangelho foi semeado no chão da humanidade por nosso divino redentor, o maligno se apressou em espalhar o joio das falsas doutrinas e das falsas religiões, para afastar o povo da verdadeira redenção. Tu és Pedro, e sobre essa pedra edificarei minha igreja. (Mt 16,18)

OS SEIS PECADOS CONTRA O ESPÍRITO SANTO
OS SEIS PECADOS CONTRA O ESPÍRITO SANTO

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); Os pecados mortais (que são pecados graves) nos afastam de Deus e nos levam ao inferno.Somente através de uma boa e sincera confissão, é que somos perdoados. Para se fazer uma boa confissão é preciso ter fé que o padre tem o poder de absolver-te (poder esse dado pelo próprio Jesus Cristo: Àqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados; àqueles a quem os retiverdes, ser-lhes-ão retidos – São João 20, versículo 23). 

Quando se peca gravemente contra os pais?
Quando se peca gravemente contra os pais?

No que diz respeito aos mandamentos do decálogo, muito se questiona a respeito dos pecados graves contra os pais. Isto porque muitos padres, infelizmente, descuidam de ensinar corretamente a moral católica desde os princípios mais básicos, tornando a fé católica um rigorismo cego ou um laxismo despreocupado. Dito isto, pretendemos com Santo Afonso Maria de

“SEPARAI-VOS DOS MUNDANOS” – (São Luís Maria Grignion de Montfort)
“SEPARAI-VOS DOS MUNDANOS” – (São Luís Maria Grignion de Montfort)

Seja por sempre e em todas partes conhecido, adorado, bendito, amado, servido e glorificado o diviníssimo Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria Não estareis vós, sem perceber, no caminho largo do mundo, que é o caminho da perdição? Vós sabeis, mesmo, que há uma via que parece reta e segura ao homem

Orações importantes para após a Comunhão
Orações importantes para após a Comunhão

Orações para após a Comunhão Ato de Adoração, Amor e Reparação ensinada pelo Anjo de Portugal Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, adoro-vos profundamente e ofereço-vos o preciosíssimo Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo, presente em todos os Sacrários da terra, em reparação dos ultrajes, sacrilégios e indiferenças com que Ele

NULIDADE MATRIMONIAL
NULIDADE MATRIMONIAL

A Igreja não anula uniões sacramentais validamente contraídas e consumadas, mas pode, após processo detalhado, reconhecer que nunca houve casamento, mesmo nos casos em que todos o tinham como válido. Mas isso, só quem pode decidir é a Santa Igreja, não a consciência de qualquer um, isso, jamais. Sobre O CONCEITO DE MATRIMÔNIO SACRAMENTAL, nos

A EXISTÊNCIA DO DEMÔNIO
A EXISTÊNCIA DO DEMÔNIO

Declarou o Papa São Félix III: “Não se opor a um erro é aprová-lo. Não defender a verdade é suprimi-la”. Em uma recente entrevista ao jornal espanhol ‘El Mundo’, o Padre Arturo Sosa assinalou que “fizemos figuras simbólicas, como o diabo, para expressar o mal”. Recordemos, que o IV Concílio Ecumênico Lateranense, em 1215, declarou

Confissão: o início de uma fornalha de amor
Confissão: o início de uma fornalha de amor

Confissão: o início de uma fornalha de amor Deus criou o homem a sua imagem e semelhança (Gn 1,26). Sendo Deus perfeitíssimo, puro e santo, também nós, obras feitas por Suas mãos, deveríamos ser na medida que nos fosse possível. Sendo as coisas como deveriam ser, fica evidente que homem nenhum nasceu para se confessar