Quando se peca gravemente contra os pais?

Quando se peca gravemente contra os pais?

No que diz respeito aos mandamentos do decálogo, muito se questiona a respeito dos pecados graves contra os pais. Isto porque muitos padres, infelizmente, descuidam de ensinar corretamente a moral católica desde os princípios mais básicos, tornando a fé católica um rigorismo cego ou um laxismo despreocupado.

Dito isto, pretendemos com Santo Afonso Maria de Ligório, destrinchar as verdades da fé no que diz respeito ao amor e a reverência aos nossos pais e superiores.

Santo Afonso, quando fala sobre o amor aos pais e superiores em sua Teologia Moral, inicia dizendo que:

(…) Os filhos são obrigados, por força do quarto mandamento, tanto aos pais como aos superiores, naquelas coisas nas quais cada um e enquanto lhes é submetido, prestar amor, reverência e obediência, de tal modo que se houver um notável defeito destas coisas em matéria grave, gravemente se peca, o que ocorre mais facilmente em relação aos pais do que aos demais.

Continua falando onde se peca gravemente:

Peca gravemente contra o amor o filho que mostra sinais de ódio aos pais e os trata asperamente. Que quase sempre os olha com olhos turvos e que lhes fala tão asperamente como se lhes tivesse ódio. Que não os auxilia em grave necessidade espiritual ou corporal, de onde que também pecam gravemente os filhos que negligenciam oferecer preces e sacrifícios pelos pais, conforme sustentam os Salmanticenses.

Sobre as necessidades espirituais dos pais, é muito objetivo quanto diz:

(…) Pecam gravemente os filhos que não cuidam para que os pais, constituídos em artigo de morte, recebam o sacramento da Penitência e outros.

Examinemos nossa consciência e, arrependidos de nossos pecados, confessemos nossos desamores aos  nossos pais para que assim possamos receber dignamente o Sacramento da Comunhão e possamos usufruir de seus frutos espirituais. Desta forma, damos passos ainda mais firmes neste processo de santificação.

Teologia Moral, Santo Afonso Maria de Ligório, Livro III Tratado III Capítulo II: Sobre o Quarto Preceito do Decálogo: Honra o teu pai, etc.

Deslize para ver mais...

Veja Também:

É REGRA QUE TODO AQUELE QUE SERVE A DEUS SEJA PERSEGUIDO!
É REGRA QUE TODO AQUELE QUE SERVE A DEUS SEJA PERSEGUIDO!

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); Quando uma pessoa se converte e começa a mudar os próprios hábitos e comportamentos para se conformar à vontade de Deus, o mundo começa a impor-lhe a conhecida pecha de “radical”. Experimente deixar de usar determinadas roupas, parar de fazer alguns comentários maldosos, afastar-se da turminha “descolada” do colégio ou começar a usar algum adereço externo que sinalize que você é católico. Imediatamente, o mundo começará a zombar de você.  Ninguém pense que este é um sintoma exclusivo dos nossos tempos.

O QUE É UM PECADO MORTAL? QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS?
O QUE É UM PECADO MORTAL? QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS?

O pecado mortal (ou grave) é uma desobediência grave à Deus e à sua Lei. O pecado é mortal quando: 1- A matéria é grave( ou seja, quando se trata de algo importante) 2- Existe o conhecimento de causa( ou seja, quando a pessoa sabe o que está fazendo) 3- Há a vontade deliberada( ou

O ABORTO É MOTIVO DE EXCOMUNHÃO?
O ABORTO É MOTIVO DE EXCOMUNHÃO?

O ABORTO É MOTIVO DE EXCOMUNHÃO? O aborto é uma chaga que se alastra por quase todos os países. Atualmente, ele passou a ser considerado um ”direito”da mulher. Faz parte da chamada ”cultura da morte” que, aos poucos está sendo implantada no mundo. Contudo, mesmo passando de algo, ”mal visto” para algo aceito não se

A diferença entre Catolicismo e Espiritismo
A diferença entre Catolicismo e Espiritismo

Pode um cristão ser espírita ou umbandista? O espiritismo nega 40 verdades essenciais da doutrina cristã; ensina reencarnação; afirma a aparição dos espíritos do além, evocados pelos médiuns, e ensina muitas outras heresias opostas à doutrina cristã, negando principalmente o poder salvador de Jesus Cristo. Falando mesmo de Santos, de caridade, de oração e boas

O Santo Rosário é a maior devoção depois da Santa Missa.
O Santo Rosário é a maior devoção depois da Santa Missa.

O Rosário é a Melhor das devoções, depois da Santa Missa. Isso quem diz é São Luís Maria de Montfort: “O Rosário completo é, pois, uma grande coroa de rosas e o Terço de cinco dezenas é uma pequena coroa de flores ou uma pequena coroa de rosas celestiais que colocamos nas cabeças de JESUS e Maria. A rosa

A VISÃO DO INFERNO, MOSTRADA AOS PASTORINHOS
A VISÃO DO INFERNO, MOSTRADA AOS PASTORINHOS

A VISÃO DO INFERNO, MOSTRADA AOS PASTORINHOS Das memórias da irmã Lúcia: “Momentos depois de termos chegado à Cova de Iria, junto da carrasqueira, entre numerosa multidão de povo, estando a rezar o terço, vimos o reflexo da costumada luz e, em seguida, Nossa Senhora sobre a carrasqueira. – Vossemecê que me quer? – perguntei.

A origem traumática da homossexualidade masculina – Por Joseph Nicolosi
A origem traumática da homossexualidade masculina – Por Joseph Nicolosi

Como um psicólogo que trata homens de orientação homossexual, assisto com desânimo o movimento LGBT convencer o mundo que a palavra ‘gay’ precisa de uma revisão da compreensão da pessoa humana. A profissão da psicologia tem muita culpa nessa mudança. Uma vez, era geralmente consenso que a normalidade é “aquilo que funciona de acordo com

O Sacramento da Comunhão para quem vive a segunda união.
O Sacramento da Comunhão para quem vive a segunda união.

Desta vez atenho-me em compartilhar esse brilhante testemunho que evidencia os frutos da obediência que colhem aqueles que seguem a risca os ensinamentos de Jesus Cristo conservados pela Igreja desde sempre e para sempre. Como disse o Papa Pio XII: “O matrimônio entre batizados validamente contraído e consumado não pode ser dissolvido por nenhum poder

QUATRO GRAVÍSSIMAS CONSEQUÊNCIAS DA COMUNHÃO NA MÃO
QUATRO GRAVÍSSIMAS CONSEQUÊNCIAS DA COMUNHÃO NA MÃO

Quatro GRAVÍSSIMAS consequências da comunhão na mão O Bispo Athanasius Schneider da uma simples e esclarecedora explicação sobre a comunhão na mão, e cita quatro GRAVÍSSIMAS consequências dessa forma de comungar. O vídeo dispensa explicações devido a clareza do bispo. Se o fiel está em estado de graça, sem pecados mortais, ele pode comungar, e

POR QUANTO TEMPO JESUS ESTÁ PRESENTE NA EUCARISTIA DEPOIS DE TERMOS RECEBIDO A COMUNHÃO?
POR QUANTO TEMPO JESUS ESTÁ PRESENTE NA EUCARISTIA DEPOIS DE TERMOS RECEBIDO A COMUNHÃO?

“Temos de prestar o devido respeito a Nosso Senhor” O grande tesouro da Igreja Católica é a Eucaristia – o próprio Jesus escondido sob as aparências do pão e do vinho. Cremos, como diz o Catecismo, que “no sacramento mais abençoado da Eucaristia” o corpo e o sangue, juntamente com a alma e a divindade,