TERÇA-FEIRA – DIA DEDICADO AOS SANTOS ANJOS

TERÇA-FEIRA – DIA DEDICADO AOS SANTOS ANJOS

Na terça-feira se recorda a devoção aos santos anjos. É uma ocasião propícia para manter viva a certeza da proteção de Deus, por meio dos seus santos anjos. Além de lembrar o lugar especial dos anjos em nossa caminhada espiritual, também é importante rezar todos os dias a oração ao anjo da guarda.

Os anjos influenciam a nossa vida muito mais do que se pensa, e são nossos intercessores junto a Deus. Conhecendo-os melhor, mais frequentemente invocaremos seu poderoso auxílio

A devoção aos Anjos da Guarda foi cultivada desde os começos do cristianismo. A sua festa, com caráter universal para toda a Igreja, foi instituída pelo Papa Clemente X no século XVII. Os Anjos da Guarda são mensageiros de Deus encarregados de velar por cada um de nós, protegendo-nos no nosso caminho na terra e compartilhando com os cristãos a preocupação apostólica de aproximar as almas de Deus.

O Catecismo da Igreja diz que “a existência dos seres espirituais, não-corporais, os anjos, é uma verdade de fé”. O testemunho da Escritura a respeito é tão claro quanto a unanimidade da Tradição (n.328). Nenhum católico pode, então, negar a existência dos anjos. Eles são criaturas pessoais e imortais, puramente espirituais, dotados de inteligência e de vontade e superam em perfeição todas as criaturas visíveis (cf. Cat. n.330).

A existência dos anjos é dogma confirmado por vários concílios, pela sagrada escritura e pela tradição da igreja.

O primeiro concilio ecumênico que confirmou a existência de seres espirituais foi em Niceia em 32, quando se fala no decreto (DS, 54), “em coisas invisíveis”:

“Creio em só Deus, pai todo poderoso criador do céu e da terra e de todas as coisas visíveis e invisíveis”

Evidentemente se refere aos Anjos criados por Deus.

Essa verdade foi reafirmada no II concilio de Lião sob Gregório X, em 127, nos seguintes termos:

“Cremos em… um Deus onipotente…, criador de todas as criaturas de quem e por quem existem todas as criaturas, no céu e na terra, visíveis, corporais e espirituais (DS 461)

São Paulo ensinava em sua primeira carta aos fies de colosso:

Nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as criaturas visíveis e invisíveis, tronos, dominações, principados, potestades: tudo foi criado por ele e para ele (Cl 1,16)

A Tradição da Igreja acredita que nosso Anjo da Guarda tem a tarefa de oferecer a Deus as nossas orações, apoiar-nos e proteger-nos dos ataques do diabo, que tenta nos fazer pecar e perder a vida eterna. Então, nada mais importante que ter uma vida de intimidade com nosso Anjo da Guarda, invoca-lo constantemente e colocar-se debaixo de sua proteção.

Oração ao Santo Anjo da Guarda

Santo Anjo do Senhor, tu que me foste dado por Deus como companheiro de toda minha vida, salva-me para a eternidade e cumpre tua obrigação para comigo, a qual te foi imposta pelo Deus de amor.

Sacode-me na tibieza e livra-me de minha fraqueza! Preserva-me de qualquer caminho e pensamento errado. Abre-me os olhos para Deus e para a cruz. Fecha, no entanto, meus ouvidos às inspirações do inimigo maligno.

Vela sobre mim quando durmo e fortifica-me durante o dia, para o cumprimento do dever e para cada sacrifício.

Deixa-me ser um dia tua alegria e tua recompensa no céu. Amém

Equipe Padre Rodrigo Maria

Deslize para ver mais...

Veja Também:

O Sacerdote no altar, deve unir-se a Virgem Maria no Calvário
O Sacerdote no altar, deve unir-se a Virgem Maria no Calvário

Tu és o meu Filho e hoje te gerei (Sl 2,7) diz o Salmista, mas podemos colocar estas palavras nos lábios da Virgem Santíssima, que dirige-as continuamente ao seu Filho Jesus. O título de “corredentora” que é aplicado única e exclusivamente à Maria Santíssima alcança horizontes que vão além do que o entendimento humano pode alcançar,

Ainda há espaço para o “SILÊNCIO” na Santa Missa?
Ainda há espaço para o “SILÊNCIO” na Santa Missa?

Ainda há espaço para o “SILÊNCIO” na Santa Missa? “Atualmente também deveria ser redescoberta e valorizada a obediência às normas litúrgicas como reflexo e testemunho da igreja, una e universal, que se torna presente em cada celebração da eucaristia. O sacerdote, que celebra fielmente a missa segundo as normas litúrgicas, e a comunidade, que às

SEXTA-FEIRA – DIA DEDICADO A PAIXÃO DE NOSSO SENHOR
SEXTA-FEIRA – DIA DEDICADO A PAIXÃO DE NOSSO SENHOR

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); Vamos começar nossa reflexão a partir das palavras que São João usa para sintetizar o que aconteceu na Última Ceia e na Paixão de Jesus: “Tendo amado os Seus que estavam no mundo, amou-os até o fim” (Jo 13, 1). Sexta-feira, dia de silêncio e contemplação, dia de vivenciar o mistério da Paixão de Jesus Cristo. João relata a grande trajetória de Cristo no caminho da cruz, levada sobre os ombros com o peso dos pecados da humanidade. Jesus sabia o que iria acontecer com Ele, mas era preciso que cumprisse o que estava escrito nas Escrituras, dar a vida pelos nossos pecados.

É REGRA QUE TODO AQUELE QUE SERVE A DEUS SEJA PERSEGUIDO!
É REGRA QUE TODO AQUELE QUE SERVE A DEUS SEJA PERSEGUIDO!

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); Quando uma pessoa se converte e começa a mudar os próprios hábitos e comportamentos para se conformar à vontade de Deus, o mundo começa a impor-lhe a conhecida pecha de “radical”. Experimente deixar de usar determinadas roupas, parar de fazer alguns comentários maldosos, afastar-se da turminha “descolada” do colégio ou começar a usar algum adereço externo que sinalize que você é católico. Imediatamente, o mundo começará a zombar de você.  Ninguém pense que este é um sintoma exclusivo dos nossos tempos.

O QUE É UM PECADO MORTAL? QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS?
O QUE É UM PECADO MORTAL? QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS?

O pecado mortal (ou grave) é uma desobediência grave à Deus e à sua Lei. O pecado é mortal quando: 1- A matéria é grave( ou seja, quando se trata de algo importante) 2- Existe o conhecimento de causa( ou seja, quando a pessoa sabe o que está fazendo) 3- Há a vontade deliberada( ou

Quando se peca gravemente contra os pais?
Quando se peca gravemente contra os pais?

No que diz respeito aos mandamentos do decálogo, muito se questiona a respeito dos pecados graves contra os pais. Isto porque muitos padres, infelizmente, descuidam de ensinar corretamente a moral católica desde os princípios mais básicos, tornando a fé católica um rigorismo cego ou um laxismo despreocupado. Dito isto, pretendemos com Santo Afonso Maria de

Ateísmo e suas causas – por Antonio Royo Marín, O.P.
Ateísmo e suas causas – por Antonio Royo Marín, O.P.

1. Noção e divisão O ateísmo consiste na negação radical da existência de Deus. Ateu (do grego ἄθεος = sem Deus) é o sujeito que ignora ou se nega a aceitar a existência do Ser Supremo e que, por isso, não pratica religião alguma. Existem duas classes de ateus: teóricos e práticos. a) TEÓRICOS são

LEIA ONLINE: CATECISMO ESSENCIAL | Leitura obrigatória a todos os Católicos
LEIA ONLINE: CATECISMO ESSENCIAL | Leitura obrigatória a todos os Católicos

Catecismo Essencial Aguarde até o carregamento da página ser concluído completamente, pode demorar um pouco, ou então, clique aqui para baixar a versão em PDF (Clique com o botão direito do mouse, e escolha a opção “Salvar Como…” ou “salvar link como…”) É possível melhorar a navegação clicando sobre a imagem e, caso necessário, também é

QUARTA-FEIRA – DIA DEDICADO A SÃO JOSÉ
QUARTA-FEIRA – DIA DEDICADO A SÃO JOSÉ

SÃO JOSÉ ROGAI POR NÓS! Santa Teresa de Ávila (1515-1582), a primeira doutora da Igreja, a reformadora do Carmelo, disse: “Quem não achar mestre que lhe ensine a orar, tome São José por mestre e não errará o caminho”. E declarava que em todas as suas festas lhe fazia um pedido e que nunca deixou

QUARTA-FEIRA DE CINZAS
QUARTA-FEIRA DE CINZAS

No próximo dia 1º de março, a Igreja celebra a Quarta-feira de Cinzas, dando início à Quaresma, tempo de preparação para a Páscoa. Recordamos algumas coisas essenciais que todo católico precisa saber para poder viver intensamente este tempo. 1. O que é a Quarta-feira de Cinzas? É o primeiro dia da Quaresma, ou seja, dos